sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Férias parte II: BRASIL!

Ooooi Pessoaaaal!!!

Voltei! Voltei e temos somente mais três meses de blog! :(

É, em três meses estou voltando para o Brasil. Portanto, vou tentar postar o máximo que puder, colocar o máximo de informações. também estou bolando um índice para que vocês saibam tudo sem ter que sair de post por post procurando. Tenho zilhões de coisas para contar, portanto, como se já é de se esperar: mais um post longo!

Primeiro de tudo desculpa por ter mentido e falado que ia pra Califórnia. Na verdade eu estava indo para o Brasil e queria fazer uma surpresa para minha família e amigos, então não podia dar bandeira uma vez que também tem fofoqueiros que vivem lendo meu blog. Por falar em fofoqueiros, quando eu fiz o blog de primeira foi para dar notícias minhas para meus familiares e amigos mais próximos, tanto que nunca fiz propaganda do blog. Aí começou um monte de futuras au pair a me perguntar as coisas e acompanhar o blog, então, a partir daí tornei o blog direcionado às au pairs, mas o que tem de gente que lê só pra se dar conta da minha vida não é brincadeira =X Mas deixa pra lá, eu nunca comento coisas pessoais, da vida Suzana normal mesmo. hahahahaha

Acho que comentei aqui da briga que tive com o Mark antes de viajar, não foi? Bom, aí antes de eu viajar ele me deu um presente de Natal; um estojinho de 5 perfuminhos e um cartão onde me agradecia por tudo o que eu tenho feito, que eu salvei a vida dele, que ele não pode imaginar a vida deles sem mim, que sou muito importante para todos eles, que eles me amam e que iriam sentir muito a minha falta nesses 15 dias que passaria fora. Choramos juntos. Ele me deixou no aeroporto e fui pegar o vôo para Miami e de Miami para o Brasil, onde passei os 15 melhores dias da minha vida!!! Meu medo era só o excesso de bagagem, eu tentei levar o máximo que pude e extrapolou um pouco. Tinha muitos presentes! Paguei U$100 de excesso. (Quem estiver indo pro Brasil e tiver que pegar um vôo da sua cidade para de onde irá sair o vôo para o Brasil, avise que vc está indo pegar um vôo internacional e o excesso q vc paga cobrirá até vc chegar no Brasil, ou seja, vc n precisa pagar duas vezes)


Augusto, conheci no avião indo pro Brasil :)

Reencontrar a família é ótimo! Fazer uma surpresa é melhor ainda! Ver a cara do meu pai em choque, atônito, sem reação ao me ver... não tem preço!!! Tenho isso em vídeo e ficará pra sempre guardado em minhas lembranças. Curti muito meus pais, meus irmãos, meus avós, tios, primos e também o namorado(que eu não conhecia até então kkkkkk outro dia conto a história). Foi muuuito bom, fui super mimada, minha mãe era o tempo todo mandando fazer as coisinhas que gosto, fiz um mini-churrasco lá em casa, deu tudo certo. Andei de lancha (só faltou "esquiar"), fui na foz, tomei banho de rio, comi tudo oq estava com vontade (meu suco de maaaangaaaa \o/), minha vó fez monte de bala de caramelo e me deu huhuhu, minha tia fez uma torta de chocolate e me deu (eu AMO a torta dela, pense numa torta de chocolate DELICIOSA!), aproveitei muito mesmo! Foram as férias mais perfeitas da minha vida! Passei Natal em casa, ainda ganhei presentes kkkkkkkkkk O reveillon passei em Maceió, na orla, e depois fui com o namorado para o Celebration, que é uma festa que tem lá onde tocou Timbalada. Foi muito bom! Parecia que eu estava vivendo um sonho, sabe? Minha pele está super estragada, cheia de espinhas e manchas...quando cheguei no Brasil aos pouquinhos foi melhorando, melhorando... meu cabelo estaa seco e ressacado, feio, e o couro cabeludo "descascava", parecendo caspa. No primeiro banho que tomei em terras brasileiras e que lavei a cabeça; sumiu! Gente, nada é melhor do que a casa da gente, acreditem!!!! O ruim foi que toooodo mundo ficou comentando que engordei, que eu tava cheinha e bla bla bla. S-A-C-O! Engordei sim, eu já falei para vocês, foram 10 quilos! Isso porque não tive coragem de me pesar outra vez. Dane-se. Quando eu voltar eu emagreço e volto ao que era.


Eu e meu amor no Mirante do Gunga

Meus irmãos no Natal

Lu, minha melhor amiga

Em Penedo com Lu, Fabinho (noivo dela) e meu amore


Mini-churrasco que fiz aqui em casa

Com a jogadora de futebol Marta (considerada a melhor do mundo), minha conterrânea

Amore, Fabinho, Lu, Mia (minha outra melhor amiga) e Morvan (meu vizinho) no Água Doce

Com minha mãe e meus irmãos na virada do ano


Andressa (tbm leitora do blog!)

Minha cunhada e o noivo dela

As minhas férias foram ótimas, uma delícia, mas apesar de ter aproveitado cada minuto muito bem e ter amaaaaaaaaado ter ido, eu não aconselho a quem vai ficar apenas um ano nos EUA a passar as férias no Brasil. NÃO! Olha, quando me disseram isso eu achei que fosse bobagem, afinal eu já tinha vindo para cá uma vez e estava tranquila, não tinha tido homesick, então pq eu teria se faltariam apenas 3 meses para voltar de vez? Acontece que no Brasil vc se sente paparicada, td mundo quer lhe ver, perguntar as coisas, falar com vc, vc come td aquilo que gosta, q tinha vontade, tem seus pais lhe dando dengo, sua família toda, tem o namorado, tem tudo... aí vc se acostuma e de repente tem q largar tudo outra vez. Dói. É uma sensação de "quero ter isso para sempre". Eu tive meus motivos pessoais para ir e não me arrependo de jeito algum! Mas não aconselho. Se vc vai passar só um ano aqui nos EUA, fique, não vá. No final das contas vc vai entrar em homesick, vai gastar um puta dinheiro, vai deixar de conhecer outros lugares dos EUA e vai ficar mal depois. Eu não fiquei pq eu já estou acostumada a me virar só. Tipo, eu coloquei uma coisa na cabeça e vou em frente. Chorei na hora da despedida e só. Na verdade eu chorei mais no dia anterior e ficou por isso mesmo, No dia da viagem eu estava tranquila, conformada, derramei algumas lágrimas e me refiz. Durante a viagem me manti firme e até aqui estou bem, sem chorar, mas com saudade.

Com meus pais e irmão no aeroporto, antes de embarcar de volta

ôti mô deusuuu... olha que carinha mais triste!

A volta para casa foi a pior possível!!! Mas não por causa da saudade, pelo sofrimento da despedida ou algo do tipo... mas por todo o drama que passei até chegar em casa!!! Acompanhem só a minha saga... onde TUDO deu errado! Começando no aeroporto onde o vôo atrasou 3 horas. Imaginem só a agonia... aí no avião um cara sentou ao meu lado e puxou conversa. Gente, são 8 horas de vôo de Recife para Miami (peguei o avião em Recife), pois o cara foi as 8 horas todinhas conversando sobre a noiva dele! E deu pra chorar, pra se lamentar lá... que tava com saudade dela e não sei mais o quê. Detalhe que ele está voltando pro Brasil dia 25 de janeiro passar 4 dias com ela e vai passar mais 14 dias em fevereiro. Reclamando de barriga cheia, né? Mas ele só falava dela o tempo todo...e chorava e se lamentava... E eu morrendo de sono, querendo dormir! Mas ele é super gente boa, sabe.

Quando chegamos em Miami fui procurar um hotel por perto pq meu vôo de volta pra Charlotte era só no dia seguinte, domingo. Aí ele falou q ia ficar num albergue brasileiro e tal e eu terminei ficando por lá, afinal ia economizar bastante. Fiquei em um quarto sozinha, o que foi muito bom e paguei U$30,00(ele tinha falado 20, mas depois falou que era 30 por causa do transporte ¬¬). O cara, dono do albergue, é legal, mas muito materialista e egoísta. É uma pessoa que só pensa em dinheiro, em ganhar, só pensa nele, no que é melhor pra ele, não pensa nos outros. Isso não foi só oq eu percebi, foi ele mesmo quem me disse, que não tinha pena de ngm, q n tava nem aí para o problema dos outros, que os outros que se virassem e aprendessem. Sei lá, ele fala de uma forma tão ignorante, sabe? Enfim... aí no domingo eu fui para o aeroporto e quando chego lá... cadê meu nome na lista?
- Sinto muito senhorita Suzana, mas seu nome não consta na lista de passageiros do vôo para Jacksonville
- Mas como não? Tem aqui no papel... veja! De Jacksonville eu pego outro vôo em outra companhia para Charlotte.
- Aff... vou checar mais uma vez. Não, não tem.
- Impossível, moça... deve estar havendo algum engano. Tenta Suzana com "s" no lugar do "z", veja meu nome do meio...
- Olha, não tem. Vc pode sair da fila e dar a vez para outra pessoa, por favor? Próximo!
Bem assim mesmo... super grossa! Fiquei aperriada... precisava voltar pra casa, tinha que trabalhar, tinha que dar um jeito. Chorei. Desabafei. Cinco minutos e me recompus. Liguei para minha mãe afim de que ela pudesse entrar no meu e-mail e achar alguma coisa sobre o vôo, mas ela não entende nada de inglês. Liguei pro namorado, ele tentou procurar, mas não conseguiu achar nada. Liguei pra merda da companhia em que comprei as passagens (Click and fly), ninguém atendia... era domingo e ngm trabalhava. Tentei acessar a net pelo cel, mas em vão. Tentei acessar meu e-mail... nada. O jeito que teve foi ligar de volta pro cara do albergue em que fiquei e pedir pra ele ir me buscar e avisar que ia ficar mais um dia até resolver. Liguei pro Mark e ele foi super gente boa e entendeu minha situação, disse q eu fosse pra casa qd pudesse.

Na segunda acordei cedo, liguei para a companhia e nada de conseguir resolver. No final de td, descubro que a mulher que comprei a passagem, a qual tive problemas desde o primeiro dia em que entrei em contato, havia mudado o meu vôo e não me enviou o intinerário como se era pra ter feito. Sgundo ela, avisou-me em um e-mail informal, onde eu perguntava e discutíamos sobre formas de enviar a autorização da compra e o comprovante do cartão. Lembro que ela me ligou para perguntar se eu podia trocar de vôo e me falou um horário e eu falei NÃO, eu não podia e tinha que ser oq eu comprei. Ela mudou e não me avisou adequadamente, tanto que se passou desapercebido e eu perdi o vôo. Para conseguir outro vôo teria que pagar uma nova passagem. O mínimo foi de U$125,00 e era para quinta. Eu não podia esperar, eu tinha um trabalho e não posso perder assim. Estava bem chateada, o dinheiro estava acabando e eu não podia ficar "passeando" assim.

Para completar minha situação, esse albergue que fiquei, estavam tbm os pais e o irmão do cara e eles eram o tempo todo reclamando. Esse cara é materialista, pensa só em dinehiro, em ganhar e ficava reclamando que os pais estavam ocupando espaço lá e ele estava deixando de ganhar dinheiro (os pais haviam chegado do Brasil para visitá-lo, depois de 10 anos sem ver). Era super bruto, frio, sem sentimentos. Qd reclamei do tratamento da mulher no balcão do aeroporto ele disse q brasileiro tinha a mania de esperar demais dos outros, de ser bem tratado q n era assim, q o problema era meu e ela n tinha nada a ver com isso, q eu me lascasse só. Ele disse q n sente pena, q o problema dos outros n tem a ver com ele, q ele olha e diz só "sinto mto" e pronto. Eu rebati dizendo que respeito eu não espero, eu exijo. E ser tratado com grosseria é faltar com respeito. Ele discordou, disse que tinha que ser assim, q eu tinha q aprender a me virar e n sentir pena de ngm, q aqui, nesse país, ngm se ajuda, é cada um por si, que ele havia aprendido isso e q eu me virasse só. Pra mim ele é um mal-amado e mal sucedido. Eu tenho pena dele. Coitado, vai ser infeliz o resto da vida se continuar assim. Enfim, eu tava me sentindo mal naquele ambiente. Os pais eram super legais e o irmão tbm, pessoas simples, mas eles sempre queixavam comigo de como esse cara tratava eles e o irmão. Mas como ele disse... é um problema dele, n é? Eu é que não iria me meter.

Sem conseguir passagem para o mesmo dia, arrumei uma para o dia seguinte, terça, por quase U$400,00 e minha mãe pôde comprar com o cartão dela do Brasil. Foi pela Delta, que é uma empresa que tbm tem no Brasil. Quem me ajudou e fez tudo por mim foi o namorado, que foi um ANJO de pessoa! Aliás, ele é um anjo em minha vida! Odeio ter que dar despesa à minha mãe, mas foi uma emergência. Porém eu continuo me sentindo mal... eu não gosto disso. Bem, saí daquele albergue, não estava mais aguentando aquilo. Fui para um hotel que ele me indicou (mais caro do que oq eu tinha visto, mas td bem). É um perto do aeroporto, mas pelo menos tinha translado free pra lá. A internet não pegava no quarto e eu desci para o desk da piscina e fiquei por lá. Conheci um canadense super gente boa. É filho de uma brasileira com um português e ele estava no Brasil visitando a avó e os primos. Tbm conheci um senhor que mora em um país q esqueci o nome... mas é perto do Alasca, beeem frio! Ah...sem contar no louco peruano que conhecemos lá kkkkkkkkkkk O cara estava bêbaço e ficava falando nada com nada, eu ria tanto! Ele era mto engraçado, o jeito dele, as doidices que ele falava hahahaha Fiquei um bom tempo lá e depois subi para o meu quarto. Tomei um banho e dormi... sozinha... sem amigas dessa vez, sem família como sempre foi durante toda a minha vida em hotéis... Segunda vez na vida que me senti completamente independente, a primeira foi quando abasteci o carro sozinha (todas as vezes que abasteço o carro me sinto assim hahaha).

Me levantei, me arrumei e fui para o aeroporto. Meu avião saía às 5h da tarde, mas eu tinha que fazer o check-out até às 11h no hotel. No aeroporto, só pude fazer chek-in às 2h da tarde, então comprei internet (U$7,65 por 24hrs) e fiquei lá... horas na net, horas no telefone falando com mainha ou o namorado. Após o chek-in fui para a fila do raio-x. Qd chego no carinha que confirma a passagem com o seu passaporte, ele olha pra minha passagem e fala:
- Ohhh! Vc é especial!
- Hum... Especial?! Pq?
- Pq tem aqui. Tá vendo esses "SSSS" na sua passagem? Quer dizer que vc é especial!
- Hum... e isso é bom?
- Bem... não realmente, mas vc continua especial :)
Especial... Especial... na certa eu deveria receber um tratamento diferente, talvez fosse para a primeira classe... ou quem sabe ganharia um presente da companhia... enfim, eu era especial e estava me sentindo o máximo por isso! Andrei devia ter errado na hora da compra e colocou que eu seria "especial"... talvez por isso a passagem foi tão cara.. enfim... Olhei para as pessoas atrás, soltei um risinho de quem diz "Viram só? Eu sou especial!" E peguei a bandeja vermelha indicada pelo carinha, ao invés da cinza que é a comum, afinal eu era "especial". Lá vou eu para o raio-x.
- Oh! Vc é especial!
- Sim, sim! Eu sou especial! (com um sorriso enoooorme estampado no rosto!)
- Ok, então fique aqui desse lado. Fulano, ela é especial. - voltando-se pra mim - Querida, não saia daqui.
- Peraí... mas oq esse "especial" quer dizer?
- Alguns testes que iremos fazer com vc.
- Teste??? Que testes????
Nisso eu já estava encucada... pensei "Que Andrei fio da pexte, deve ter errado na hora da compra da passagem e deve ter comprado passagem para pessoas "especiais"(com problemas mentais), agora vou ter q passar por uns testes pra saber se sou doente mental... é lasca!!!!"
- Senhorita, entre aqui nessa salinha de vidro.
- Ô moço eu não sou especial não. Não, não, não... eu sou normal, moço... eu não quero mais esse negócio de especial não... Moça... ei, ei... eu sou normal, eu não sou especial nãããããooooo!!!
- Por favor, por aqui, me acompanhe...
Ai meu Deus do cééééu... lá ia eu... e as pessoas que estavam atrás de mim td passando por mim e olhando...e kd a minha cara de "ha-ha-ha eu sou especiaaaaa-aaaal"? A última coisa que queria era ser especial naquele momento.
- Abra os braços assim. Agora as pernas e não se mova.
- (equanto a mulher me "checava") Moça, oq é isso? Oq ser especial significa? Eu não sou doente. Eu sou normal.
- Espere, ainda não acabei. Onde estão suas coisas?
- Ali atrás... Deixa eu pegar.
- Nao! Eu quem pego.
- Ok... Mas oq é isso de especial???
- Bem, vc foi selecionada pela companhia aérea. Quando tem esse "SSSS" no seu cartão de embarque que dizer que vc vai passar por uma revista completa, vamso examinar suas coisas com essa máquina, passar o anti-bomba, anti-drogas, anti-tudo e checar suas roupas, suas coisas.
- Ahh tá, mas pq a companhia escolheu logo eu???
- Isso é aleatoriamente. Podia ser outra pessoa tbm. É só um procedimento de segurança.
- Ah, ok. Obrigada pela explicação. Eu estava tão feliz achando que era "especial", agora vi que ser especial não é tão legal assim! hahahaha
Rimos todos.

Entrei na sala de espera e fiquei aguardando meu vôo. Na fila para entrar no avião, havia um casal de brasileiros atrás de mim, eles queriam saber se estavam na fila correta e eu calada só escutando. Nisso o cara fala pra mulher me perguntar se era a "zona 9" que estávamos e ela com vergonha de falar inglês e no final terminou arriscando em inglês comigo hahahaha Eu fiquei quieta, fingi que era estrangeira e respondi em inglês! (tomara que Papai-Noel traga presente ainda pra mim esse ano hahaha) Ainda na fila, ouvi quando eles comentaram:
- Acho que essa menina deve ser da Turquia...
- Pq? - perguntou a mulher
- Sei lá. Ela tem cara.
Hahahaha e eu querendo rir... Entramos no avião. Finalmente iria pra casa! O avião fazia conexão em Atlanta, pra de lá ir pra Charlotte. No meu cartão de embarque tinha "Portão T02" e eu estava no portão A01. Tínhamos apenas 30 minutos entre um vôo e outro. Corri para o portão T02 e qd chego lá, para a minha surpresa, havia sido mudado, era A33! Corri, corri e corri... mas não deu tempo. O aeroporto é gigaaaaante e eu estava muito longe... ou seja, perdi, novamente, o vôo. Fui na companhia para ver oq eu poderia fazer, mas não tinha mais vôo para o mesmo dia, já era noite e aqui nos EUA não se tem vôos à noite. Somente tinha para o dia seguinte ou para uma cidade que fica há 2h de Rock Hill, onde moro. Liguei pro Mark, contei oq aconteceu e ele falou que era melhor eu voltar no outro dia mesmo. Mas como? Eu estava sem dinheiro, sem roupa, sem nada... Ele disse para eu dormir no aeroporto. Eu não tinha outra saída.
Desliguei o telefone, remarquei o vôo para o dia seguinte e fui ver quanto ainda tinha: U$15,00. O hotel custava 60,00 e eu não tinha nem a metade! Estava com fome, cansada, já eram mais de 11h da noite e eu estava desde às 11h da manhã em aeroporto, havia 4 dias que eu estava nos EUA e não conseguia chegar em casa... o frio estava apertando, eu tinha apenas um casaco, estava sem dinheiro, sem roupa, sem nada. Sentei-me no sofá e desabei a chorar. Eu só queria ir pra casa. Só isso. É nessas horas que vc pensa em largar tudo e voltar pro seu país, pra SUA terra, pro SEU povo, onde tudo se dá um jeitinho... mas eu estava ali, sozinha... sozinha... Cinco minutos são sempre suficientes para me recompor. Levanto a cabeça, respiro fundo, arregaço as mangas e vou à luta. Essa é Suzana, essa sou eu. A essas alturas já estava com minha mãe e meu namorado no telefone tentando achar uma solução. Tentei sair do aeroporto e procurar um hotelzinho mais barato, só para tomar um banho e descansar... mas não valeria apena pq o vôo saía às 8h30 da manhã e já era tarde... daqui que eu achasse um hotel e fosse pra lá, n ia descansar nada... não valeria a pena. Já estava na porta do aeroporto qd resolvi voltar.

Nesse meio-tempo deu para perceber uma coisa interessante. Quando chegam soldados dos vôos fica um pessoal de algum lugar (não sei se é de alguma organização, companhia aérea ou sei lá oq) e qd eles entram na parte de bagagem, aí todo mundo bate palmas. Nisso fica uma multidão olhando... aí eles vão se juntando a esse pessoal e batem palmas junto com o restante. Mas as palmas aqui são que nem nos aniversários em lugares públicos (qd certas pessoas, garçonetes, vêm até o aniversariante com um bolinho e batendo palmas cantando ou parabéns ou uma música de aniversário) as pessoas ficam com cara de "ai q saco". Nunca vi isso hahahaha Batem palmas sem animação nenhuma, não fazem o auê que os brasileiros fazem... ficam batendo lá com a cara mais "boring" possível! Eu hein!

Sim, mas voltando... na volta parei para comprar alguma coisa pra beber, estava com sede. Como saí da sala de embarque, tive que passar pelo raio-x de novo e como tinha um bilhete novo, advinhem só oq tinha no meu cartão de embarque? Pois é, acreditem quem quiser; fui especial de novo ¬¬ Oh God, era só oq me faltava! Qd passei no raio-x o cara perguntou de onde eu era e pediu meu passaporte. Só pq não sou americana? Acha que estava ilegal? ¬¬ Aí depois ele diz:
- Oh! Vc é especial!
- Ah é... eu sou muito especial...
Mas dessa vez minha cara não estava mais de feliz. Não sabia oq ainda podia vir pela frente. E lá vai eu pra salinha de vidro e depois pra revista toda...e essa revista durou mais tempo ainda, a mulher lá não conseguia fazer o treco direito, aff... e era só oq me faltava, acharem alguma coisa ou ser presa! Essa não! Mas graças a Deus td deu certo e eu passei tranquila.

Cheguei na sala de embarque, fui para o portão no qual partiria e me deitei sobre uns bancos. Não conseguia dormir... ou era por causa do frio, ou com medo de levarem minhas coisas, ou por causa do barulho de tv ligada, mulheres da limpeza limpando... enfim... foi a pior noite da minha vida! Senti muito frio! Lá pras 5h da manhã, uma mulher da limpeza perguntou se eu queria um cobertor e eu respondi que sim. Ela me trouxe dois daqueles que se dão em avião. Quase nada, mas ajudou. Tbm me trouxe um travesseiro. Perguntada sobre oq eu estava fazendo nos EUA, respondi q era Au Pair e cuidava de crianças. Ela olhou pra mim, fez uma cara de nojo e disse: "Crianças brancas? Argh!" hahahaha Sim, ela era negra. Pois é, o preconceito aqui não é só dos brancos com os negros... é vice-versa tbm. A propósito, segunda é dia de Martin Luther King Jr que foi um líder americano que lutou pela "igualdade" entre raças e mulheres. Ele é o dono da famosa frase "Eu tenho um sonho". Morreu há 40 anos atrás, assassinado, aos 39 anos. Segunda é feriado nacional. Isso foi o tema da minha aula quarta. :)

Quando acordei, ou melhor, quando me levantei, já q n consegui dormir, chequei se o vôo continuava no mesmo portão e havia mudado. Ainda bem que foi a tempo e pude chegar no horário. Parei no Starbucks, comprei um café com uma rosquinha de queijo que adooooro e segui viagem. Peguei o vôo e finalmente em casa! Aaahhh... casa!!! Ainda tive que ir atrás da minha bagagem que tinha ido no vôo anterior, que perdi...
Bom aqui ficam as seguintes informaçoes:

SE VOCÊ PERDER UM VÔO SEJA EM CONEXÃO OU NÃO (NO MESMO DIA, ISSO NÃO VALE CASO VC PERCA O VÔO E VÁ NO DIA SEGUINTE):
Toda companhia aérea tem um lugar lá onde vc possa resolver. Não sei como se chama isso, mas tem um balcão em algum lugar (na seção dela). Fale com alguém e avise que perdeu o vôo. Não sei se em todos os casos são assim, penso que não pq eu não vi isso na companhia da AA em Miami, mas em muitos vc terá que ir até um telefoninho que tem lá dentro, discar 1(confirme com alguém da empresa se é isso mesmo, na Delta é 1) e uma pessoa vai atender. Vc conta que perdeu o vôo pra tal cidade de tal hora, eles vão checar outro vôo pra vc. Se não tiver vôo no mesmo dia, eles vão lhe dar uma opção de alguma cidade mais próxima a que vc iria ou do próximo dia. Vc faz sua escolha e depois vai até o balcão, fala oq ficou acertado no telefone, dá seu nome e a pessoa vai imprimir outro bilhete pra vc. Pronto.

CASO SUA BAGAGEM TENHA IDO NO VÔO QUE VC PERDEU:
Qd vc chegar no destino, na áera de bagagem tem uma salinha onde ficam as bagagens que "não tinham dono". Vc vai lá com o papelzinho que vão lhe dar lá no balcão (avisem que vcs têm bagagem que foi no vôo que perdeu, aí eles dão um papel para vc ir buscar, tenha tbm sempre em mãos o papel da bagagem que lhe deram primeiro (no vôo q vc perdeu)), entrega pra pessoa que vai estar lá e ela lhe dá a mala. Pronto.

SE SEU CARTÃO DE EMBARQUE TIVER SSSS:
Eles vão te falar q vc é especial. Não, vc não é especial a ponto de viajar na primeira classe e nem tampouco de ganhar presentes da companhia. Vc vai passar por uma revista minusciosa e vai se sentir uma idiota traficante. Mas relaxe, é isso mesmo, afinal estamos nos Estados Unidos! Ah, e por favor, nada de dar risinhos provocativos para os outros, tá? No final você é quem vai terminar se passando por babaca =X

Bem, fica aqui válida a minha experiência, né? Apesar de tudo, estou de bem e já passou! Qd cheguei em casa tava com mto sono e falei pro Mark...ele disse pra eu dormir no sofá e q se ele precisasse de mim, ele me chamaria. Mas ainda bem q não chamou. Não trabalhei. Agora estou devendo 3 dias a ele... so não sei como pago. Na quinta me levantei com todo gás. Fiz uma faxina dura na casa, ele me agradeceu muito e disse q n precisava, eu falei q foi só uma maneira de dizer "obrigada" pela compreensão dele. Ele disse que ele já era grato por me ter na vida deles e q eles estavam com mta saudades de mim e q me amavam mto. :D
Ai, ai... faltam só 3 meses para voltar! Sabe gente, ao mesmo tempo que parece pouco, parece muito. É muito pq eu queria voltar logo, ficar com meu namorado, sabe? Mas é pouco para as coisas que eu queria fazer aqui. Vou ter que escolher entre ir pra Califórnia ou comprar coisas pra mim, pq n vou ter dinheiro pra fazer isso tudo...Já chegou o negócio para eu marcar a minha data de retorno, chegou dia 1 de janeiro! Eu tenho até 1 de fevereiro pra decidir... Estou vendo... Não sei se volto dia 10 ou dia 17 de abril. Provavelmente colocarei dia 17.

Essa semana foi suuuuper puxada. Acordando todos os dias por volta das 7h da manhã e trabalhando até às 4h. Fico exaaustaaaa ao final do dia. Por isso que não postei antes, pq vou direto dormir... aí acordo no meio da noite e não posso ficar até tarde pq no outro dia acordo cedo. Cansativo demais. Mas chegou o findi!!! \o/ Tô vendo oq vou fazer... Gigli tinha me chamado pra uma festa em Columbia, mas sugeri que fôssemos pra Boone, que é a única cidade aqui das Carolinas que tem neve. Hj fez -11C e não neva! Eu quero ver neve! Huhuhuhu Td indica que iremos mesmo amanhã pra Boone esquiar huhuhuhu Aí vou contar pra vocês! Vou ver neeeeeeeeeeeeeeeve \o/

Ah, sabe uma coisa engraçada q eu notei? Qd a gente chega aqui nos EUA, a gente fica encantada, né, tirando foto de tuuuudo oq vê... depois... kkkkkkkkkkkk depois tudo torna-se normal, sem graça, o mesmo hahahaha Eu via cada carrão e ficava doida né... hj eu olho e é só mais um hahahaha Mas eu continuo achando lindo o Corvette. Perfect

Minhas aulas de inglês continuam, estão boas, adoro minha professora. Quem quiser praticar inglês, jogar uns joguinhos para aprender inglês, entre milhões de outras coisas, podem acessar o site dela: http://www.freewebs.com/6009/ é massa! Tem um treco lá pra vc ouvir e digitar a frase que ouviu, q é pra testar como está seu "ouvido no inglês", tem outra q dá uma frase e vc tem 40 segundos pra digitar corretamente, aí depois lhe dá o resultado de qts letras vc escreve por segundo... é massa! Tem várias coisas legais mesmo.

Bem, no mais é isso. Aqui continua td na mesma. Dylan com as crises dele, Emma e Hayden estão bem, Andy tbm... enfim, td tranquilo! :) Segunda PROMETO que posto =) Domingo vou trabalhar. Portanto, apareçam aqui segunda que terá post! Prometo!

Desculpem-me a demora, mais uma vez. Mas depois de tantos problemas, acho q vcs me entenderam, não é?

PS: Próximo post vou dar detalhadamente como fazer para mandar dinheiro pro Brasil e receber. Vou dar valor e a melhor forma de fazer. Tbm vou falar sobre como enviar coisas para o Brasil.
PS²: Namorado, obrigada por tudo oq vc fez e faz por mim. Não sei oq seria sem vcs três: Deus, mainha e vc! Obrigada pela preocupação e por cuidar tão bem de mim. Amo você! Chego já :)

PS³: Eu queria ficar aqui mais um pouco, mas agora... bem... agora eu tenho SÉRIOS motivos pra voltar hahaha que história louca a minha, não é?

Ahhh só uma notícia quentíssima de última hora, acabou de sair do forno hahaha Sabe quem acabou de me mandar mensagem? O Nathan!!! Ele enviou uma msg no facebook, aí n se contentou e mandou uma msg pro meu cel avisando q mandou msg pra lá hahahaha Bem, na msg ele diz q tem um tempão q n fala cmg e q tbm nunca mais tinha dado notícias, q tinha visto q eu tava namorando e q se isso fosse verdade, parabéns pra mim, esperava q eu estivesse feliz e q ele era um cara sortudo de ter uma garota boa e q cozinha bem hahahahaha e tbm comentou q foi despedido do emprego, q nunca imaginou q isso fosse acontecer com ele e q tbm aguarda q eu responda ele, pois ele quer manter a amizade. Eu gosto dele, apesar dos pesares. Hunf.

Ah...e Kris mandou msg ontem perguntando se eu queria sair. Não respondi hehehehe Tadinho, eu vou ver se faço algo com ele pelo menos no domingo. =)

Meninas, me add no orkut! Vou colocar todas as fotos do Brasil lá :)
COMENTEMMMMMMMMMMMM

No mais é isso :)
Um beijão a todos!
Família e namorado AMO VOCÊS!


SuUu :*

19 comentários:

Andrei disse...

Meu amorrr...

Obrigado a vc por ter vindo pra cá, ter me dado as melhores férias, o melhor Natal, o melhor reveillon, enfim... os melhores 15 dias da minha vida!!!

Tô morrendo de saudades de você... doido pra que você volte logo, mas infelizmente... tem 3 meses no caminho, mas eu te espero!!!

TE AMO!!!

Ludmila disse...

Fiquei tonta só de ler tudo que você passou na volta hahuhua
Mas isso só prova o quanto você é forte e vendo pelo lado bom, isso nos faz crescer mais e mais.
Aproveite bastante seus últimos meses ai!
Beijão querida! :*

Andrei disse...

Meu amorrr...

Obrigado a você por ter vindo pra cá, ter me dado as melhores férias, o melhor Natal, o melhor reveillon, enfim... os melhores 15 dias da minha vida!!!
Não precisa agradecer nada do que eu fiz a você.. eu não fiz nenhum favor não. Você sabe porque fiz e faço isso tudo por você!! =)
Me preocupei com você, acompanhei toda essa "saga" e tentei ajudar da maneira que pude. E fico feliz de poder ter feito algo por você.

Tô morrendo de saudades de você... doido pra que você volte logo, mas infelizmente... tem 3 meses no caminho, mas eu te espero, sim, TE ESPERO!!

TE AMO MUITO!!!

Isabelle disse...

Su..ameiii..pena ter ido t ver..mas vc volta já...e qm sabe npos veremso mais e mais..beijinhosss

Bela ;) disse...

Caraca!
Qta coisa hehehehe

Que merda a parada do aeroporto!!!!!
Eu já perdi um voo em NY por causa do transito,mas eu consegui trocar sem pagar nada mas dormi no aeroporto mesmo! Foi horrivel !!!!!!!!!!!!!
Acho q nem dormi....eu cochilei dentro de uma cabine telefônica que nem uma mendiga !!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ah...eu tbm paguei 100 dolares por causa do excesso de bagagem :S
Mas nao foi voltando pro Brasil...foi indo de uma costa pra outra!

E essa parada de no inicio achar td deslumbrante e dps nem ligar,é mt verdade!!!!!!!!!

Na primeira vez em q vi neve,fiquei fascinada:
2 semanas dps de nevar direto,eu ja tava de saco cheio e rezando pra parar pq era um saco ir trabalhar com neve!...ahha
E como eu morava perto de cassinos,via limousines direeeeeeeto!
Antes achava o MAXIMO,tirei mil fotos e dps de tanto ver e andar,olhava como se fosse um carrinho popular qualquer hahahahahahhaha

Que bom q esta td bem contigo !!!
E te garanto q esses 3 meses vao VOAR!

Experiência propria ;)

bjusss

Bela de novo ! ;) disse...

Sabia q tava esquecendo de algo!!

Verei o site da sua professora!!!!!!
Adoro esse tipo de coisa!!!!

ahahhaa

era soh isso!

bjaoooooooooo

Camila disse...

Que aventuraaa heemmm...na boa ler seu blog é melhro que novela, deveria escrever um livro!! Eu pretendo fazer isso...

beijoos

Maria Luiza disse...

Tão feliz por lhe ver!!!AMO, AMO, AMO!!!!!!

Carol disse...

Oi Suu,

Caraca, que odisséia foi essa pra voltar pra casa, hein? Mas, como diz aquele ditado batido, "no fim tudo dá certo".

Esses momentos (tanto os ruins como também os bons) você nunca vai esquecer. Vai ter muiiiiitas histórias para contar para os seus filhos, netos e bisnetos sobre seu ano nos Estados Unidos.

Beijão!

larissa disse...

oi suuuu, queria ter visto vc, ai q pena!! meninaq rolo heim acho q eu tinha ficado doida nesse rolo todo, mas q bom q deu td certo, eu trouxe odo mundo aqui d casa p ler sua aventura, mas Graças a Deus vc chegou bem.. ainda bem q vc é forte..

bjãão suuu

Mariii Leite disse...

Ô Su... Foi uma pena tudo dar tão errado na volta. Fiquei super com peninha de você, durmindo no aeroporto e sentindo frio... tadinha! Mas o mais importante é que vc está bem. Vai ver é um "sinal" para vc voltar logo. hehehehe

Li tudinho! Parece que os brasileiros que vão para os USA ficam tão Xenofóbicos e grosseiros quanto os americanos (pelo menos os que lidam com o consumidor). Nem parece que a pessoa está pagando. Que coisa!

Deixo um montão de beijos para vc.
=*******

Andressa Cavalcante disse...

Caramba,Suuu!!

Que volta estressante!!!

Fico feliz que td tenha acabado bem!

Adoooooorei a nossa fotinha no post! hahaha

E oh...3 meses vão passar voandooo,tu vai ver!! ;)

Bjoooo...td de bom,sempre!!!

Andressa Cavalcante disse...

Caramba,Suuu!!

Que volta estressante!!!

Fico feliz que td tenha acabado bem!

Adoooooorei a nossa fotinha no post! hahaha

E oh...3 meses vão passar voandooo,tu vai ver!! ;)

Bjoooo...td de bom,sempre!!!

Anne disse...

tive que ler em dois momentos p/ dar conta de tudo...hehe...nooossa..sua memória eh ótima viu, toda cheia de detalhes..:)...e morri de rir com a história do especial oh...kkkkk...comédia...hauhauhauh...e obrigada mais uma vez pela sua generosidade em passar essas dicas p/ gente!!as melhores vibrações p/ ti!!fico feliz por está tudo dando certo!!bjoo Suh!!e não suma!!:)

Anne disse...

Vixe, nem botei meu nome no comentário...sou a KARen...so teu orkut!!:)

Day disse...

minina do céuuu...que sufocooo!
hahah morro de medo de passar umas dessas aí. Mas enfim, talvez em fevereiro eu esteja chegando firme e não tão forte...hehehe só de pensar em 1 ano! ai ai ai
comento de novo em breve..prometo!
beijos, Su! e feliz 2009 super apaixonado pra vc!

Adriana Britto disse...

Aaaainn.. 3 meses só de blog?? Hhauihaua.. Poxaaa! Queriaa maisss! =p

Em pensar que eh ano que vem que eu vou.. depois de agosto.. mas ainda assim: É ANO QUE VEM!! o/
kkkkk..
É necessário muitaaa coragem pra fazer isso.. Mta mesmo..


Reveillon aqui na orla? Que resenhaa.. de surpresa.. kkkkk..
eu tb tava la.. Segundo ano que passo na praia.. =]


Beijoss Suzana =*

Desiree disse...

Menina q sufoco isso q vc passou! Mas como dizem, vivendo e aprendendo neh! Joga na loteria aí, pq pra vc ser especial assim tantas vezes numa viagem só, é pq vc está com sorte de acertar as coisas, então fica rica de uma vez! hehehehee
More, adoro seus posts, saber suas novidades e que vc está bem e feliz! Eu, mesmo nas férias não consigo ficar conversando no msn com ng, morro de vontade de saber como vc está, mais novidades, e assim é um pouquinho de vc q aparece pra mim e eu gosto muito! Saudade demais! Boa sorte por aí e não someee! Beijos!

Drielli disse...

Parbéns Suzana... por vários motivos: pela sua força e garra, pela sua maneira clara, inteligente e de mto bom humor de escrever suas "aventuras como au pair", pela coragem de enfrentar todas essas barras aí e ainda contar de uma forma que possa ajudar outras pessoas na msm situação, pelo carinho com que cuida das suas kids, pela forma que fala dos seus pais e amigos, por várias outras coisas. Vc é uma pessoa com certeza mto especial na vida de muitas pessoas. Que Deus possa te iluminar e abençoar sempre, PARABÉNS!!!